Posts tagged Tecnologia

Seminário Lingnet

III Seminário de Estudos em Linguagem, Educação e Tecnologia (III Seminário LingNet) 

2010: o ano em que faremos contatos

27 e 28 de maio de 2010

Faculdade de Letras da UFRJ

Cidade Universitária – Rio de Janeiro

Informações: http://www.lingnet.pro.br/pages/eventos/iii-seminario-lingnet/apresentacao.php

Formas de hospedagem de sites

 

Abordei em posts anteriores allguns aspectos a considerar na pesquisa sobre planos de hospedagem, tais como armazenamento, franquia de consumo, númemo de bancos de dados, linguagens suportadas…

Nos serviços comerciais, há, em geral, as seguintes formas de hospedagem:
 
a) hospedagem compartilhada – vários sites no mesmo servidor – baixo custo, mas menor poder de acessos simultâneos e menor velocidade – é o caso da maioria dos sites, especialmente os pessoais. Para entander melhor, um servidor trabalha para diferentes sites, o que significa, fragmentação do poder de processento e memória. A quantidade de sites do mesmo servidos será variável, especialmente dependendo do espaço de armazenamento.

b) servidor semi-dedicado– poucos sites no mesmo servidor – aumenta a velocidade e a dedicação do servidor para o site  – sites de maior acesso que os anteriores. Em teoria, este tipo de hospedagem tende a oferecer maiores velocidade e capacidade de processamento. Na prática, isto pode não ser bem assim, se, por exemplo, os sites hospedados naquele servidor forem de tráfico intensos.   

c) servidor dedicado – o servidor fica à sua disposição- o que aumenta o poderio de acesso e velocidade do site – sites com muitos acessos e banco de dados grandes. Neste caso, um servidor é usado por apenas um site ou para diferentes stes de um mesmo cliente. O contratante pode, dependendo do contrato, hospedar mais de um site. No entanto, o servido não é empregado para sites de outras pessoas ou empresas.  

d) co-location– você guarda o(s) seu(s) servidor(es) (hardware) no datacenter de uma empresa de hospedagem. A responsabilidade de harware e software é sua. A estrutura física é do datacenter (racks para servidores, refrigeração, acesso à internet, sistemas contra incêndio).
 
 É possível hospedar um site em casa – num computador pessoal ? Sim. No entanto, hospedar um site em casa  -num computador desktop – acaba sendo muito caro mesmo com sistemas gratuitos. Alguns custos são: link dedicados de grande capacidade, custo de luz e refrigeração, custo de manutenção da máquina. Se a máquina tiver problemas, o site fica offline. Sem contar suporte e alguém para supervisionar a máquina.

Um datacenter tem toda essa estrutura (inclusive backup, espelhamento de dados e redundância de links, para evitar que um site fique fora do ar).

Assim, mesmo para sites maiores a tendência é que a opção pela hospedagem comercial pode ser a mais econômica, mesmo em servidores dedicados. Em post futuro, trataremos da tão falada cloud computing.  

Sites de altíssimo nível de visitação, múltiplos uso e grande número de acessos simultâneos, no entanto, podem justificar o investimento na construção de um datacenter.

Em geral, um site vai subindo a lista anterior de opções de hospedagem conforme o seu nível de acesso – em especial o simultâneo- vai aumentando.

Leia os posts anteriores sobre o assunto na catagoria internet.

O que é Educação a Distância ?

Em termos gerais, Educação a Distância é uma modalidade de educação na qual professores e alunos encontram-se em locais diferentes.  A sigla EaD é empregada tanto para se referir à Educação a Distância quanto para Ensino a Distância.

Logicamente a compreensão de EaD é influenciada pela compreensão de distância.  A distância – ou diferença espacial(geográfica/local)- não implica necessariamente em divergência temporal(cronológica). Assim, alunos e professores podem estar em locais diferentes participando sincronicamente de uma mesma atividade com fim pedagógico.

Embora atualmente um nível surpreendente de EaD ocorra por meio da internet, é necessário lembrar que há outras formas de EaD, dentre elas o ensino por correspondência e por programas de TV e rádio.

A Educação a Distãncia geralmente é empregada em oposição à Educação ou Ensino presencial.

Alguns autores e professores fazem a oposição entre EaD e ensino tradicional. No entanto, esta compreensão é perigosa, uma vez que a palavra tradicional pode ser equivocadamente interpretada com sentidos diversos e, até mesmo, pejorativos ( antigo, conservador, ultrapassado, limitado, por exemplo).

No Brasil, a Educação a Distância encontra-se em grande crescimento, tanto em termos qualitativos quanto quantitativos. Duas importantes fontes sobre o estado da EaD no Brasil são os sites da Abed ( Associação Brasileira de Educação a Distância – www.abed.org.br) e  do Ministério da Educação( MEC – www.mec.gov.br).

Na forma online, a Educação a Distância emprega uma variedade de recursos (e-mail, chat, forum, blog ….). No entanto, os projetos mais avançados tendem a ocorrer em Ambientes Virtuais de Aprendizagem – AVA ( Learning Management System – LMS), uma vez que, entre outras potencialidades pedagógicas, os ambientes, também chamados de sala virtual, combinam diferentes recursos de interação, tais como chat, forum e blog.

Para enterder melhor o que é um Ambiente Virtual de Aprendizagem, leia o post sobre o assunto.

 O que é um Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) ?

Alguns termos relacionados à EAD são e-learning, blended learning, m-learning, virtual learning.  Os termos em língua inglesa refletem a importância e influencia das universidades britânicas e inglesa em práticas, pesquisas e projetos em EaD  e  a estreita conexão com a área de tecnologias – também rica em terminologia em inglês.

Em diversos posts, questões relativas à EaD serão abordadas.

Visite o Ensino Atual com frequência e confira os posts sobre o assunto.

Go to Top