Posts tagged periódicos

A importância da atualização do currículo Lattes

Pesquisadores, professores e alunos de pós-graduação, bolsistas de iniciação científicas, entre outros, precisam ter os seus currículos Lattes atualizados e revisados com frequência. O Lattes serve de padrão para o registro de atividades acadêmicas, profissionais e de pesquisa. Os dados registrados lá são úteis para diversas funções, que incluem avaliação de produção intelectual, acompanhar aproveitamento de estudos e pesquisas, identificação de especialistas, seleção de consultores, avaliação de cursos, análise de produção docente análise e avaliação de cursos, dados de grupos de pesquisa, Qualis de periódicos…

O Lattes tem sido empregado como currículo padrão em áreas acadêmicas, científicas e de pesquisa. Logo, o atraso na atualização do Lattes pode ter implicações negativas, já que trabalhos realizados não são “relatados”. Assim, a produção dos pesquisadores e alunos não fica visível, passível de análises qualitativas e qantitativas. Assim, procedimentos que dependem do Lattes ficam prejudicados, tais como avaliações de Programas de Pós-Graduação, corpo docente, produção docente e discente, Qualis de periódicos, entre outros.

O ideal é a atualização constante do Lattes. Ficar meses sem atualizar o Lattes é um erro.

Não deixe de atualizar o seu Lattes com frequência e de revisá-lo com cuidado!

Depois tratarei mais do Lattes! Até a próxima !

Monografias e Artigos: Referências e Bibliografia

Tenho recebido diariamente uma grande quantidade de visitantes que buscam compreender a diferenciação entre referências e bibliografia, o que parece demonstrar a relevância desta compreensão.  Como a diferenciação entre bibliografia e referências bibliográficas não é comum, achei bom fazer algumas observações.

As referências devem estar restritas às obras referenciadas no corpo de um texto, inclusive projetos. Por este motivo, é comum em bancas, pareceres de projetos e artigos verificar, no caso das referências, se todas aparecem (referenciadas, idependente de citações literais) no texto.

Embora o termo bibliografia tenha um sentido mais amplo, é necessário cuidado. Em artigos, referenciar no corpo do texto poucos autores e oferecer uma vasta bibliografia ao final pode bastante delicado e perigoso, uma vez que pode parecer um estudo muito mais aprofundado do que realmente foi. Em outras palavras, este erro pode parecer um enchimento biblliográfico que não condiz com o estudo de fato realizado.

Muitos periódicos acadêmicos enfatizam que apenas as obras referenciadas no corpo do texto podem ser referenciadas ao final do trabalho.

Em artigos, dissertações e teses, logicamente não é comum encontrar as duas coisas, até mesmo porque muitos autores, como já apontado, não compreendem ou estabelecem diferenciação. Isto não significa, no entanto, que não haja diferenças.

Um exemplo prático pode ser encontrado no livro de metodologia de Maria Helena Michel, Metodologia e Pesquisa Científica em Ciências Sociais, publicado pela Editora Atlas. Na obra, a especialista apresenta referências bibliográficas e bibliografia de apoio.

Logicamente não há um acordo pleno sobre questões de metodologia. Isto se deve a vários fatores. Primeiramente, as terminologias são difíceis de serem controladas, por serem na maioria das vezes termos baseados em vocabulário de uso comum.

Além disso, não existe uma graduação específica em  Metodologia. Isto contribui para que os conceitos e termos sejam, quase que invariavelmente, em especial em pesquisa qualitativa, compreendidos de forma diferenciada, dependendo da área de formação e atuação do pesquisador.

ALAB – Associação de Linguística Aplicada do Brasil de site novo

A ALAB (Associação de Linguística Aplicada do Brasil) colocou online o seu novo site – www.alab.org.br .

Linguístas aplicadados e interessados devem visitar o site com frequencia para saber de eventos, publicações e notícias da área. No site o visitante pode encontrar informações sobre como realizar a afiliação e as suas vantagens.

O site já informa a data do próximo Congresso Brasileiro de Linguística Aplicada: 26 a 29 de julho de 2011.

O evento acontecerá na Universidade Federal do Rio de Janeiro, nova sede da Associação.

Também é possível encontrar no site o link para a Revista Brasileira de Linguística Aplicada.

linguistica aplicada – ALAB – estudos da linguagem – applied linguistics – language studies

Periódicos Acadêmicos e Científicos – publicações

Alguns alunos estranham o termo periódico.  Afinal, o que é um períodico? O periódico é uma publicação eletrônica e/ou impressa que, como o nome indica, tem edições periódicas. As periodicidades mais comuns são anual, semestrel, quadrimestral e trimestral. Em termos acadêmicos, o termo periódico pode ser compreendido como uma revista acadêmica e científica. Dois fatores parecem contribuir para o amplo uso do termo períodico.  Vejamos alguns deles:

a) o termo revista pode confundir o aluno com revistas comerciais diversas que não tem características e objetivos acadêmicos

Revistas comerciais apresentam conteúdos variáveis que podem ser de temáticas diversificadas ou específicas (como as revistas de tecnologia, por exemplo). Os textos ou reportagens são escritas predominatemente por jormalistas e cronistas especializados.  Situações contextuais diversas como economia, política esporte, lazer…. influenciam os conteúdos. A periodicidade em geral é semanal ou mensal. A venda ocorre em livrarias e bancas de jornais, predominantemente.

b) os Periódicos Capeswww.peridicos.capes.gov.br –  este importante portal oferece link para diversas bases de dados e publicações acadêmicas reconhecidas e respeitadas, nacionais e internacionais;

Os períodicos são publicações científicas e acadêmicas que podem publicar artigos, resenhas, resumos de pesquisa, entre outros. Os artigos são escritos por pesquisadores, cientístas e professores. O público-alvo é predominatemente professores e estudantes de graduação e pós-graduação, cientístas e profissionais da área de publicação. Os números podem ser temáticos (Tecnologia na Educação, por exemplo) ou abertos.

Os artigos são submetidos e avaliados pelos pares. Para ilustrar nas áreas de Letras e Educação, por exemplo, os artigos são, em geral, avaliados por professores doutores.

Há diversos periódicos de acesso gratuito disponíveis na internet.

Os periódicos podem colaborar para pesquisas para monografias, dissertações e teses, inclusive para a definição de temas.

Visite os Periódicos Capes e saiba mais sobre os periódicos !

Muitos períodicos estão ligados a Escolas, Departamentos e Programas de Pós-Gradução em Universidades e Faculdades.

Estas características fazem dos periódicos uma importante fonte de estudo e consulta para estudantes de graduação e pós-graduação, uma vez que os artigos foram escritos por competentes especialistas e pesquisadores e foram avaliados previamente. Estes fatos contribuem para a qualidade dos conteúdos e, consequentemente, das publicações.

Revistas Acadêmicas – Letras e Linguística

O Professor José Pereira da Silva e o Círculo Fluminense de Estudos Filológicos e Linguísticos (CiFEFiL) disponibilizam no site Filologia.org.brwww.filologia.org.br – uma abrangente lista de períodicos acadêmicos qualificados na área de Letras, em especial em Linguística e Filologia.

As revistas são importantes tanto para professores quanto para alunos de graduação e pós-graduação.

Visite os links em  http://www.filologia.org.br/outrosperiodicos.html .

A compilação de links reune em uma única página mais de duzentos periódicos especializados.

Parabéns ao CIFEFiL e ao Prof. José Pereira da Silva !

Em novos posts falarei novamente do Filologia.org.br, um rico site de consulta, eventos e estudos.

Go to Top