Arquivo da tag: Linguística Aplicada

X CBLA com inscrições prorrogadas para submissão de trabalhos

A Associação de Linguística Aplicada do Brasil (ALAB) prorrogou as inscrições de trabalhos para o X CBLA – Congresso Brasileiro de Linguística Aplicada até o dia 20 de dezembro.

O prazo inicial para submissão de trabalhos para o principal evento de linguística aplicada no Brasil era o último dia 15 de novembro. No entanto, devido a motivos diversos, a diretoria da ALAB resolveu prorrogar o prazo.

É preciso estar atento a anuidade da Associação.  Os proponentes devem ser associados a ALAB.

Linguistas aplicados de todo o Brasil participarão do evento que acontecerá em setembro de 2013 na UFRJ, no Rio de Janeiro!

 

 

II Webinar do GETED – Questões centrais da minha palestra – Educação na Era Digital: questões de cibercultura e linguagem

Ontem, com grande alegria, participei do II Webinar do GETED (http://www.virtual.ucdb.br/geted/). Foi uma experiência nova para mim, fazer uma discussão por conferência na web. Fiquei muito bem impressionado com este gênero de discussão acadêmica que viabilizar dialogar com especialistas de diferentes pontos e transmitir simultaneamente para pessoas em diferentes lugares do Brasil e do Mundo. O Grupo GETED conquistou a minha admiração e desejo de novas interações.

Na minha fala, busquei tratar de questões que aqui tento sintetizar:

1- A cibercultura tem relações intensa com a linguagem;

2- Internetês e neologismos (como estartar, resetar…) são apenas dois dos aspectos nesta relação entre cibercultura e educação;

3- Diferentes áreas de Estudos da Linguagem podem contribuir para esta discussão (linguística textual e linguística aplicada são duas delas);

4- Muitas publicações e pesquisas sobre EaD são realizadas por linguistas aplicados ( Há vários grupos de pesquisa que tratam desta temática como o Hiperged, o FALE, O Lingnet….);

5- A Linguística (aqui como termo guarda-chuva) pode contribuir para a formação de professores em geral e pedagogos;

6- Questoes como gêneros digitais, letramento digital e letramentos multissemióticos são algumas das interfaces entre linguagem e tecnologia;

7- A importância de discussões e pesquisas interdisciplinares sobre relações entre Tecnologia-Educação-Linguagem;

8- A EaD(especialmente as publicações) deve dar mais atenção a questões de linguagem;

9- Os materiais didáticos devem considerar novas demandas causadas pela cibercultura;

10 – A tecnologia oferece possibilidades e desafios, que demandam discussões que fogem de receitas ou fórmulas.

Tecnologias e Lívros Didáticos De Línguas: Novas Possibilidades, Novos Desafios.

VILAÇA, M. L. C.  TECNOLOGIAS E LIVROS DIDÁTICOS DE LÍNGUAS: NOVAS POSSIBILIDADES, NOVOS DESAFIOSCadernos do CNLF. VOL XVI. Num. 4, 2012.

Link: http://filologia.org.br/xvi_cnlf/tomo_1/105.pdf

 

Este trabalho apresenta brevemente algumas discussões relacionadas à interação entre tecnologia e educação, defendendo que os livros didáticos de línguas (estrangeiras e maternas) precisam estar atentos às novas demandas, o que evidentemente implica em novos desafios para editoras, autores, professores.

O foco principal está sobre a compreensão de novas possibilidades e, consequentemente, no reconhecimento de desafios decorrentes do crescente uso de novas TICs (tecnologias de comunicação e informação) em diferentes práticas e contextos sociais (BARROS, 2009; SANTAELLA, 2010), inclusive na escola, algo que não deve ser compreendido como restrito à educação a distância.

 

Artigo sobre a elaboração de materiais didáticos para o ensino de línguas estrangeiras

 

A ELABORAÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICOS DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS: AUTORIA, PRINCÍPIOS E ABORDAGENS

VILAÇA, M. L. C. A ELABORAÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICOS DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS: AUTORIA, PRINCÍPIOS E ABORDAGENS.  Cadernos do CNLF. VOL XVI. Num. 4, 2012.

Link para o artigo: http://filologia.org.br/xvi_cnlf/tomo_1/004.pdf

O presente trabalho discute algumas questões relacionadas à elaboração de materiais didáticos. A finalidade básica desta discussão é apontar para a necessidade de mais debates e pesquisas sobre o tema, já que, conforme apontado, a maioria dos estudos e publicações trata da análise de materiais publicados (análise e ou avaliação do produto final) e pouco sobre a elaboração destes (o processo de planejamento e desenvolvimento). Além disso, também é comum que muitas publicações sobre ensino de línguas estrangeiras não apresentem capítulos ou artigos sobre materiais didáticos.

X Congresso Brasileiro de Linguística Aplicada – CBLA 2013

A ALAB – Associação de Linguística Aplicada do Brasil- já trabalha no planejamento do X CBLA, no próximo ano.

X Congresso Brasileiro de Linguística Aplicada

22 a 25 de Julho de 2013

Rio de Janeiro

Local:UFRJ

Em breve, novidades estarão disponíveis no site da ALAB.

Informações sobre sobre submissões de trabalho devem estar disponíveis em breve.

Linguística Aplicada, Tecnologia e Educação – LATED-UNIGRANRIO – Grupo de Pesquisa

Grupo de Pesquisa Linguística Aplicada, Tecnologia e Educação – LATED – da UNIGRANRIO.

O Grupo de Pesquisa – cadastrado no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq – visa promover a integração interdisciplinar de pesquisadores e discentes de graduação e pós-graduação, alunos de iniciação científica e colaboradores quepesquisam temas como:

  • novas tecnologias de informação e comunicação,
  • processo de ensino/aprendizagem de línguas (materna e estrangeiras),
  • educação online
  • letramento
  • materiais didáticos
  • cibercultura e letramento digital

Saiba mais em: http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=1177801IQZBLS2

Cibercultura e Linguagem em foco no Programa de Pós-Graduação em Letras e Ciências Humanas da UNIGRANRIO

As relações entre cibercultura, educação e linguagem são focos de nova disciplina no Programa de Pós-Graduação em Letras e Ciências Humanas da UNIGRANRIO: Cibercultura, Educação e LInguagens.

A disciplina foi planejada de forma a proporcionar perspectivas interdisciplinares sobre diferentes questões que relacionem tecnologia e linguagem.

Orientandos que pesquisam tópicos como EaD, letramento digital, tecnologia e ensino, gêneros textuais digitais, terão um novo espaço para discussões.

Para saber mais sobre o Programa de Pós-Graduação em Letras e Ciências Humanas da UNIGRANRIO, visite:

http://www.unigranrio.br/pos/stricto/mest-letras-ciencias-humanas/index.html

As inscrições para o Processo Seletivo 2012-2 estão abertas.