Objetivos de pesquisas aplicadas – qualitativas e quantitativas

 

Continuando a série de posts sobre pesquisas, aponto agora objetivos comuns de pesquisas aplicadas.  

 

A prática de pesquisas de natureza aplicada, nos mais diversos campos do saber, pode ser motivada com objetivos variados que incluem:

a)    Buscar respostas (APPOLINÁRIO, 2004) e resoluções (RICHARDSON, 2007) para os problemas

b)   Formular teorias (RICHARDSON, 2007)

c)    Testar teorias (GIL, 2002; RICHARDSON, 2007)

d)   Produzir conhecimentos (MEKSENAS, 2002)

e)    Caracterizar um contexto ou uma população (GIL, 2002; RICHARDSON, 2007)

f)    Mensurar fenômenos (NUNAN, 1997; MAGALHÃES, 2005)

g)   Identificar probabilidades (MARKONI & LAKATOS, 2000; SELIGER & SHOHAMY, 2001)

h)   Observar e descrever comportamentos (SELIGER & SHOHAMY, 2001)

i)     Explorar um aspecto pouco conhecido (GIL, 2002; RICHARDSON, 2007)

j)     Determinar condições de fenômenos (GIL, 2002; RICHARDSON, 2007)

k)   Estabelecer classificações (MARKONI & LAKATOS, 2000)

                                                                                                                             (VILAÇA, 2010, p. 65-66)

VILAÇA, M. L. C.  Pesquisa e Ensino: Considerações e Reflexões Revista E-scrita. Volume 1. Número 2. Maio-Agosto de 2010. 

LEIA O ARTIGO – DISPONÍVEL PARA LEITURA