Tomlinson ([1998] 2004c: xi) define como material didático “qualquer coisa que ajude a ensinar aprendizes de línguas”. Esta definição permite entender que o material didático depende, portanto, de um professor, uma vez que cabe primordialmente, na maioria dos contextos, ao professor a tarefa de ensinar línguas. Este caráter restritivo de dependência do material em relação ao professor é, no entanto, desconstruída em outras publicações do autor (TOMLINSON, 2003 e [1998] 2004d; TOMLINSON & MASUHARA, 2005).

Em trabalho posterior, Tomlinson ([2001] 2004f: 66) define o material didático como “qualquer coisa que possa ser usado para facilitar a aprendizagem de uma língua”. Dessa forma, é possível compreender que a função mais ampla do material didático é auxiliar a aprendizagem/aluno e, consequentemente, auxiliar o ensino/professor.

 Leia o artigo na íntegra:

VILAÇA, Márcio Luiz Corrêa.  O material didático no ensino de língua estrangeira: definições, modalidades papéis. Revista Eletrônica do Instituto de Humanidades da Unigranrio. Volume VII. Número XXX. Julho-Setembro de 2009.

LEIA O ARTIGO. DISPONÍVEL PARA LEITURA

 

material didático – livro didático – artigo – instructional materials – coursebooks -  ensino – teaching – língua – language