De uma forma geral, a interdisciplinaridade é o diálogo entre diferentes disciplinas (duas ou mais). A interdisciplinaridade mostra-se de fundamental importância em algumas áreas de estudo, tais como Linguística Aplicada e Educação. Há um crescente reconhecimento de que um “olhar unidisciplinar” seja insuficiente para uma melhor compreensão de processos, fenômenos e acontecimentos.

A interdisciplinaridade ocorre por meio de integração, diálogos e contrapontos entre disciplinas. O fato de duas áreas exeminarem um mesmo objeto não garante a interdisciplinaridade. Este é um engano comum. Linguistas, pedagogos, sociólogos e filósofos podem examinar um mesmo elemento, como, por exemplo, a aprendizagem de línguas, sem necessariamente haver um trabalho interdisciplinar. A interdisciplinaridade compreende proximidade, convergência, contato e interação.

A interdisciplinaridade é muitas vezes confundida com a multidisciplinaridade, na qual várias disciplinas trabalham em um mesmo tema, não exatamente de forma colaborativa ou interativa.

Podemos considera a interdisciplinaridade como uma característica – em certos casos, uma exigência- do terceiro milênio para a realização de pesquisa e para a construção de conhecimento.