Ambiente Virtual de AprendizagemAVA é uma sigla que significa Ambiente Virtual de Aprendizagem, em geral uma adaptação do inglês Learning Management System (LMS) .

O Ambiente Virtual de Aprendizagem ou Sala de Aula Virtual é um ambiente baseado em internet ( também é possível em intranets) que funciona de forma semelhante a um Portal cujo objetivo básico é a Educação a Distância. Para entender melhor, vejamos  algumas características de um AVA:

  • O acesso ao “interior” AVA é feito por meio de login;
  • Pouco conteúdo fica disponível ou visível para usuários não cadastrados;
  • Há papeis com permissões diferentes para os usuários. Administrador, criador de curso, professo ou tutor, aluno e visitante são alguns exemplos;
  • Os cursos são separados em “salas virtuais” e o acesso é restrito por código, senha ou inscrição feita ou aprovada pelo responsável no curso;
  • As ferramentas e funcionalidades encontram-se voltadas primordialmente para a situação de ensino-aprendizagem;
  • Há formas variadas de comunicação e interação(atividades diversas, tarefas, chat, blog, forum etc);
  • O professo ou tutor pode acompanhar o desenvolvimento e a participação do aluno, alaborar e corrigir atividades, atribuir notas, estabelecer prazos para a realização de atividades, enviar mensagens, e muito mais.
  • Há exercícios de naturezas diversas, alguns similares à aprendizagem presencial

Outras denominações comuns são:  Learning Platform ( LP) e Learning Content Management System (LCMS).

O sistema, que requer linguagem dinâmica de programação web ( PHP, ASP, ASP.net, JSP, por exemplo) e banco de dados web ( MySQL, por exemplo), fica hospedado num servidor. Este servidor pode ser acessado por intranet ou, na maioria das vezes, por internet.

Alguns exemplos de Ambientes Virtuais de Aprendizagem são: Moodle, Teleduc e Blackboard.

A instalação de um AVA em um desktop ou laptop requer instalações prévias e não é uma tarefa tão simples quanto instalar programas do Windows.  No caso do Moodle, por exemplo, é preciso instalar um servidor web ( Apache), a linguagem de programação (PHP) e um banco de dados ( MySQL, em geral).  Depois de instalar este conjunto, é preciso criar e configurar um banco de dados. Só depois disso, a instalação do Moodle pode ser iniciada. Em termos objetivos, estes procedimentos amedrontam muita gente.